Como se faz para que uma criança ganhe gosto pela leitura? Os pedagogos ensinam muitas técnicas, mas a mais usada delas consiste em colocar nas mãos dos pequenos um livro muito bonito, cheio de desenhos interessantes, e ler para elas o que está sendo contado ali.

E assim as crianças tomam gosto pelos livros. No entanto, com o passar dos anos e à medida que crescem, os livros vão sendo deixados de lado. O brasileiro médio não leu um único livro no último ano. No entanto, se analisarmos outras pesquisas, poderemos perceber que pelo menos um filme ou série de TV eles assistiram no último mês. Por que isso acontece?

O motivo é muito antigo: imagens atraem mais do que palavras. Talvez seja um resquício dos nossos antepassados (localizar a imagem da presa ou do predador era fator crucial para a sobrevivência), talvez seja um método próprio do nosso cérebro captar o mundo.

Esperamos que a partir desse contexto você tenha internalizado um pouco do conceito que abordaremos no artigo de hoje: como trabalhar as emoções das imagens para impactar seu público. Selecionamos três técnicas muito usadas no ambiente digital, que ajudarão a potencializar o conteúdo que você criar ou divulgar.

 

1. Estabeleça uma forte ligação com o tema

Parece básico, mas muitas pessoas querem inovar tanto na hora de selecionar a foto que se esquecem de relacioná-la com o assunto. Lembre-se, portanto: abordagens criativas são bem-vindas e impactam o público, mas se forem complexas demais, a tendência é que as pessoas fiquem confusas e ignorem seu material. Por isso, evite fotos conceituais ou artísticas demais e foque naquelas que o público entende em um piscar de olhos e não mais apaga da cabeça.

Exemplo: se você possui uma página no Facebook dedicada ao cuidado com os animais e precisa promover um post intitulado “10 maneiras infalíveis de eliminar as pulgas do seu cachorro”, você pode pensar nas duas imagens a seguir.

A primeira tem a ver com a eficiência dos tratamentos anti-pulgas que você iria mostrar. Mas você não concorda que a ligação da imagem com o artigo está muito mais distante? Sendo assim, é melhor investir em algo que já remeta ao tema logo no primeiro olhar, como faz a segunda imagem.

 

2. Cause um impacto positivo

O novo sempre impressiona. Se você quer emocionar as pessoas a partir de imagens, o jeito é mostrar algo que possivelmente não tenham visto, algo que atice a curiosidade delas. Por exemplo: se a sua página é sobre flores e você irá falar em um post sobre as diferentes espécies ao redor do mundo, qual foto você acha que despertaria mais emoções?

Essa foto é muito bonita, mas quantas vezes as pessoas já viram imagens assim?

Já essa imagem complementa o título do artigo e ainda surpreende o leitor pela beleza.

Uma orientação importante: tente sempre criar um impacto positivo e não negativo. Pergunte-se sempre: será que você quer ver sua marca/empresa ligada a más emoções?

 

3. Não entregue tudo de uma vez

Crie títulos instigantes e selecione imagens que dão uma pista sobre a resposta, mas não entregam o conteúdo. Dessa maneira pelo menos você garante um clique, motivado pela curiosidade insaciável das pessoas. Por exemplo: se o título que você criou é “O novo treinamento que virou o queridinho das famosas”, você pode selecionar uma das duas imagens abaixo.

Mas você não concorda que a primeira complementa o título, sem estragar a surpresa? Ao passo que a segunda revela imediatamente o tema do artigo, o que pode fazer com que as pessoas percam o interesse.

 

Esses princípios apresentados no artigo de hoje são amostras do que pode ser feito para emocionar seu público no ambiente digital. Para se aprofundar nesse assunto, entre em contato com a Labbo, agência que há 15 anos atua com marketing digital.

#como usar imagens no design #emoções das imagens #impactar seu público #marketing digital