Você com certeza já deve ter visto ou presenciado essa cena: em um passeio pelo parque ou em um bar lotado de pessoas há sempre alguém vidrado na tela do celular. Pode estar acontecendo algo incrível e, mesmo assim, a pessoa fica isolada no mundo do smartphone. Ou pior: em uma mesa de amigos nenhum deles conversa, apesar de todos interagirem pelos celulares.

Esse problema é tão recorrente em cafés que há algum tempo circulou uma foto de um restaurante que apresentava uma placa com os dizeres: “Não temos wi-fi. Conversem entre vocês”. E esse fato, do vício pelo celular, evoluiu tanto que existe hoje a nomofobia, caracterizada pelo temor de perder ou ficar sem o aparelho.

Bem, estudos psicológicos à parte, esse é apenas um contexto simples para embasar o nosso artigo de hoje, que fala sobre o Consumidor Hiperconectado. Esse tipo de consumidor é como a pessoa que descrevemos acima: não consegue ficar longe do smartphone, tablet, notebook ou computador.

Ele está o tempo todo ligado nas redes sociais, nos portais de notícia e nos blogs ou sites de entretenimento. E quando não está fazendo nada disso, provavelmente está assistindo um vídeo no YouTube ou escutando uma playlist no Spotify.

Portanto, se esse consumidor está o tempo inteiro na internet, é fácil vender a ele, se for feito um investimento em mídia nesses locais citados acima, correto? O mais seguro é pensar que é simples, mas não fácil.

Por estar ligado o tempo todo em muita informação, o Consumidor Hiperconectado é muito exigente. E caso ele não saiba alguma coisa, consegue descobrir em poucos cliques. Como, então, conversar com ele e conseguir efetivar vendas? Separamos quatro passos, para sanar essa dúvida muito comum. Acompanhe:
 

1. Invista em um layout responsivo
Se você acompanha o blog da Labbo, deve saber que esse é um ponto mais do que batido. No entanto, ainda há bastante relutância quando falamos que é necessário adaptar o site/portal/e-commerce para que seja aberto com facilidade em todos os dispositivos móveis. Lembre-se de que o Consumidor Hiperconectado vive com um celular na mão, e não um computador.
 

2. Ofereça você mais informações a ele
Já que o Consumidor Hiperconectado é louco por informação, alimente-o com conteúdo exclusivo e de qualidade. Invista na criação de artigos ou matérias relevantes, que tragam essa pessoa até seu site ou e-commerce, facilitando assim as vendas. Caso não tenha tempo ou dinheiro para investir nessa estratégia, deixamos uma boa dica: criar um sistema “quem comprou isso também comprou aquilo”. Essa tática aumenta o ticket médio em até 76% dos casos.
 

3. Analise as “pegadas digitais”
Colete as informações deixadas pelo Consumidor Hiperconectado e use-as a seu favor. Você pode criar desde estratégias simples de Remarketing até planos mais ousados, como criação de áreas específicas no seu site a partir dos conteúdos mais acessados pelo seu público.
 

4. Seja específico
O Consumidor Hiperconectado é exigente. Ele não gosta de ser tratado como um consumidor comum, já que é muito mais informado e curioso do que os demais. Por isso, personalize sempre as mensagens que dirigir a ele, tratando-o como um cliente VIP.

A Labbo trabalha diariamente com estratégias focadas em consumidores digitais e Consumidores Hiperconectados. Converse conosco para saber mais sobre esse universo e ajude a sua empresa a crescer a partir de soluções on-line. Até a próxima!

 

#dispositivos móveis #E-Commerce #investimento em mídia #layout responsivo #o consumidor hiperconectado #stratégias simples de Remarketing