Como usar Landing Pages para vendas online?

No artigo de hoje foram combinados dois conceitos essenciais para determinar o sucesso de um blog, site, portal ou E-commerce. Para que o assunto seja tratado com o cuidado e atenção que merece, na primeira parte foi explicado como usar conteúdo para atrair visitantes, sendo que na segunda etapa foi abordada a questão das Landing Pages como incentivadoras de vendas. Ao final, os dois temas foram unidos, possibilitando assim que você – ao final da leitura – extraia aprendizados importantes, que podem ajudar muito no dia-a-dia profissional.

Marketing de conteúdo: muitas empresas fazem, mas poucas fazem bem. O principal motivo? Medo de expor informações que julgam serem vitais para o funcionamento e sobrevivência da companhia no mercado. Aqui vale uma explicação importante: gerar conteúdo não significa revelar segredos de processos, de fabricação de produtos, de fluxo de caixa, etc.

Pense assim: o Google é um dos maiores geradores de conteúdo que existe. A empresa se dedica a oferecer cursos para ensinar a usar o Adwords, explica sobre os conceitos da busca orgânica, mostrando como se destacar a partir de SEO e até mesmo investe em páginas que são verdadeiras aulas, com conteúdo didático de qualidade. No entanto, o algoritmo desse gigante das buscas continua sendo o maior segredo da companhia, guardado muito bem por um número muito restrito e selecionado de pessoas.

Por isso, lembre-se: é necessário falar sobre a sua empresa, sobre o que ela faz e até ensinar as pessoas a aproveitar melhor o que você oferece. E você pode fazer isso muito bem, sem expor em nenhum momento o “segredo” da sua empresa.

Landing pages: pense nelas como pistas de aterrissagem. Entrando mais fundo nessa metáfora, pense que o site da sua empresa é um aeroporto, um local que oferece diversos canais de contato com o consumidor, e onde pessoas de outras localidades distantes chegam a partir de aviões que aterrissam na pista.

Portanto, uma Landing Page é um “local de aterrissagem” para a pessoa que navega na internet. Por que ela é útil? Porque muitas vezes o consumidor não quer conhecer todo o aeroporto: só quer fazer sua viagem o mais rápido possível. Ou seja: em vários casos a pessoa não está interessada na missão, na visão e nos valores da companhia, muito menos na história e nas conquistas dela. Ela só quer apenas localizar a loja mais perto do endereço onde está, ou imprimir o cupom de desconto da promoção atual.

Nesses casos, a Landing Page funciona como um atalho, suprindo com eficiência a necessidade imediata do consumidor.

E como combinar Marketing de Conteúdo com Landing Pages? O segredo é criar páginas que saibam combinar o que a pessoa busca com o motivo de haver uma página específica para isso.

Simplificamos com um exemplo: Um E-commerce precisa divulgar produtos para uma data comemorativa, como o Dia dos Pais. No entanto, para gerar interesse e fazer com que as pessoas acessem a Landing Page específica do Dia dos Pais, nessa página é colocado um conteúdo relevante sobre a relação de pais e filhos. Ao fim da área onde está esse conteúdo deve haver uma oferta selecionada de produtos, já que o momento propício e perfeito para compra já foi criado.

Ou seja, em resumo: conteúdo adequado + Landing Page bem planejada é igual a uma estratégia perfeita e assertiva para incrementar as vendas do seu negócio on-line.

Converse com a Labbo para conhecer mais sobre essa e muitas outras estratégias de Marketing Digital, que podem potencializar seu negócio e suas vendas, além de reforçar o relacionamento com seus consumidores.

#blog #E-Commerce #estratégias de marketing #Labbo #landing pages #leads #marketing de conteúdo #marketing digital #SEO