Consagrado como o evento do ano em Londres, a Elephant Parade é considerada a maior exposição de arte de estátuas de elefantes decorados do mundo. Criadas por artistas visionários e de muito talento, cada estátua é uma verdadeira obra de arte. Os bebês elefantes são sempre exibidos em cidades de destaque mundial e levam a arte a locais comuns do cotidiano.

A ideia da Elephant Parade teve início em 2006 com os holandeses Marc Spits e Mike Spits, pai e filho. Durante suas férias na Tailândia, Marc conheceu um bebê elefante chamado Mosha que, na ocasião, havia perdido uma perna após pisar em uma mina terrestre. Mosha inspirou os dois a criarem o Elephant Parade: “Nós queríamos fazer algo estrutural, algo que fosse lucrativo a longo prazo. Essa era a única forma que poderíamos proporcionar um futuro sustentável ao elefante.

 A primeira exibição aconteceu em 2007, em Rotterdam, na Holanda. Amigos do Hospital Asiático do Elefante (Asian Elephant Hospital), a base de Mosha em Lampang, foram as primeiras organizações a receber contribuições geradas pela Elephant Parade. A mesma continua a receber fundos para cuidar de Mosha. Uma rede de leilões procede a exposição, e 20% do lucro líquido da exibição é revertido a “The Asian Elephant Foundation” (Fundação Asiática de Elefantes).

A exposição Elephant Parade já passou por diversos países como Estados Unidos, Reino Unido, Cingapura, Alemanha, Holanda, Itália, Tailândia, China, Bélgica, Noruega, Luxemburgo. Em Florianópolis, a exposição se caracterizará como primeira no Brasil e primeira no Continente Sul Americano. Dessa forma, o evento destaca-se pelo seu pioneirismo e ineditismo na região, proporcionando visibilidade à arte urbana e aos artistas locais. A exposição conta com a decoração dos elefantes a partir da criação e inspiração de artistas locais. Os artistas da cidade de Florianópolis irão fazer uso de seus talentos mais especiais para realizar verdadeiras obras de arte nas cópias de elefantes. As exposições têm obtido grande sucesso ao redor do mundo. Um exemplo é o evento que foi organizado em Londres, no ano de 2010, quando a Elephant Parade foi considerada “Atração do Ano” e atingiu 25 milhões de pessoas, sendo que 10 milhões viram os elefantes ao vivo.

Os artistas que realizam as criações de arte nos elefantes podem ser pintores, escultores, artesãos, arquitetos, designers e quaisquer outras pessoas criativas e com habilidades artísticas. Os interessados a se candidatar são convidados a apresentarem um projeto para a seleção, e podem ser desde amadores e desconhecidos até profissionais e famosos.

A arte pública configura-se como uma intervenção urbana, possibilitando que um simples passeio ou uma caminhada no caminho casa-trabalho transformem-se em momentos de contemplação e admiração. A partir das exposições em locais rotineiros da população florianopolitana, a arte inesperada gera deslumbramento, surpresa, espanto. Assim, o evento contribui para que haja um questionamento do público sobre o seu entorno, sobre aquilo que o cerca. As cópias de elefantes garantem um maior conhecimento sobre a arte e sobre a preservação da espécie e fazem o convite a tirar o olhar de um simples lugar-comum para direcioná-lo à reflexão que proporciona conjunto artístico ímpar.

A exposição dos elefantes contribui, portanto, para que a parcela artística de cada cidadão seja aflorada, em uma ocasião em que locais já comuns do seu cotidiano são transformados com a presença de uma obra de arte. Há a abertura para uma maior e mais aprofundada discussão sobre a importância da cultura e da arte em ambientes urbanos e seu impacto positivo.

Acredita-se que a Elephant Parade é uma excelente oportunidade para a cidade de Florianópolis desenvolver cada vez mais seu universo artístico-cultural. Além de a exposição gerar uma experiência importante para os cidadãos florianopolitanos – de entretenimento e reflexão -, ela cria uma verdadeira oportunidade às criações de artistas de diversas modalidades da região.

A Labbo trouxe esse evento para o Brasil em comemoração aos seus 15 anos de agência e Giovane Pasa – Presidente do Grupo Labbo Digital, afirma que Florianópolis será apenas o começo da Elephant Parade Brasil.

Além da organização, o Grupo Labbo é responsável por todo o plano de ação do evento.

“Começamos com um planejamento completo para 2015, depois, as equipes se dividiram e cada setor ficou responsável por sua expertise” – ressalta Giovane.

No desenvolvimento do site a equipe se empenhou para manter a unidade gráfica do evento, e foi fiel a identidade visual do site oficial. Além disso, cada detalhe foi planejado conforme as boas práticas de usabilidade de usuário.

A equipe de Marketing Digital também esteve focada nos últimos meses, pesquisando e planejando a divulgação para todas as fases do evento, que se dividem em prospecção de apoiadores, escolha dos artistas, ateliê de pintura, exposição nas ruas e, ao final, o leilão das obras de arte.

A coletiva de imprensa que será realizada no dia 19 de Novembro e marca o lançamento oficial do evento. Estarão presentes o Presidente da Labbo, Giovane Pasa e o Presidente Mundial da Elephant Parade, Mike Spits, que apresentará o projeto, objetivos e um panorama das exposições anteriores.

Na coletiva, também será lançado o calendário do evento, portanto fique de olho nas redes sociais (Facebook, Twitter) e no site oficial do evento no Brasil, para não perder nenhuma parte nada.

#Elephant Parade #Elephant Parade Brasil #Florianópolis #Labbo #Labbo Grupo Digital #Let's paint a brighter future!