Em tempos de crise, destacar-se no meio da multidão é a melhor saída.

Empresas são como pessoas: possuem medos, talentos, fraquezas e forças. Assim como existem pessoas que usam os empecilhos da vida como degraus, existem empresas que usam as crises como forma de aprimoramento e crescimento; porque o mercado segue as mesmas regras da vida: quem se esforça e busca se adaptar consegue encontrar melhores condições de sobrevivência.

O artigo de hoje será usado para dar dicas de como a sua empresa pode se destacar no ambiente on-line em meio às dificuldades que surgem em um cenário econômico instável.

Boa leitura!
 

1. Conheça bem o ramo de atuação em que você trabalha
Muitos especialistas apontam como a principal causa da quebra da gigante Kodak a dificuldade de entender o próprio mercado em que atuava; a Kodak não vendia filmes fotográficos às pessoas – vendia a possibilidade de materializar e guardar memórias.

O tempo passou e a Kodak demorou a se adaptar às novas tecnologias, fazendo com que perdesse espaço em um mercado onde chegou a ser líder. Por isso, a primeira dica é que você saiba muito bem qual é o coração do seu negócio. Se encontrar dificuldades, busque fazer um monitoramento das mídias sociais, acompanhando seus consumidores e seus concorrentes. Nos negócios vence quem consegue enxergar mais longe.
 

2. Crie o seu próprio mercado
Todos os mercados estão saturados. Mas novas oportunidades nunca param de aparecer. Isso é possível porque os mercados que estão saturados são os que já ficaram velhos.

A todo o momento, surgem novas tecnologias e plataformas que possibilitam infinitas combinações para quem está antenado nos desejos do consumidor. E essa é a segunda dica: acompanhe as inovações tecnológicas e os anseios das pessoas. A partir desse pensamento é possível prever tendências, como fez Steve Jobs ao usar a microtecnologia para oferecer às pessoas a chance de ouvir milhares de músicas por meio de um prático iPod.
 

3. Inove e erre. Erre e inove.
Inovadores antes de fazerem uma grande descoberta são loucos. Depois da descoberta, são gênios. Por isso, esqueça as críticas e ouse fazer as inovações que o seu mercado pede. As experiências mostram que a maioria delas será fracassada, mas se apenas uma for bem sucedida, sua empresa encontrará fôlego para mais alguns anos de vida.

E se nenhuma inovação for bem sucedida, não se preocupe. Às vezes as invenções aparecem em decorrência de algum processo ou método usado em determinado experimento. Ou seja: o experimento falha, mas as técnicas usadas possibilitam novos caminhos.
 

4. Crie para as pessoas, não para as tecnologias
O ser humano está na Terra há 200 mil anos, enquanto o iPhone não possui nem dez anos. Por isso, é muito mais confiável criar produtos e oferecer serviços pensando em como as pessoas se comportam, como elas conversam, como elas interagem e como elas se sentem.

Essas são dicas simples, mas muito valorosas se aplicadas. Lembre-se do ensinamento do começo do artigo e use as crises como forma de crescimento e adaptação, para que sua empresa resista aos momentos difíceis e cresça e prospere na bonança.

A Labbo é especialista em criar soluções de marketing digital. Entre em contato e descubra como potencializar resultados mesmo em períodos difíceis.
 

#ambiente on-line #cenário econômico #crise #Labbo #marketing digital #tempos de crise