Apesar de não ser novo, o LinkedIn ainda é mistério para muitos profissionais. Muitas matérias e reportagens já mostraram o poder dessa rede social, focada no mundo empresarial. Existem, inclusive, diversos estudos mostrando como melhorar o seu perfil ou o perfil da sua empresa para facilitar a criação de negócios a partir dessa rede social.

A dúvida mais frequente entre empresas é: como potencializar negócios pelo LinkedIn? Responderemos essa pergunta ao longo do artigo, mas é importante ressaltar um ponto: o LinkedIn abre várias possibilidades para corporações, não apenas na área dos negócios. É possível trabalhar branding, estimular a propaganda boca a boca da sua empresa e analisar seu mercado e/ou segmento, estudando a concorrência.

Agora que você já está por dentro da teoria, vamos à prática. Leia, com atenção, os tópicos que preparamos a seguir, ensinando como fazer negócios pelo LinkedIn.
 

1. O começo de tudo: as informações do perfil
Quanto mais completo seu perfil for, mais confiança deixa transparecer. Mas atenção: perfil completo não quer dizer longo e/ou cansativo de ler. A orientação de especialistas é preencher todas as informações que o LinkedIn pede, mas de maneira objetiva e sucinta. Você já deve ter ouvido de muitas pessoas da área de Recursos Humanos que o currículo deve caber em uma página. Essa mesma idéia de síntese vale para o perfil da sua empresa.

Outro ponto importante é colocar no seu perfil o texto também em inglês, que abre inúmeras possibilidades de contato pelo mundo.
 

2. Para iniciados: estratégias de relacionamento
É importante ter sempre ao seu alcance uma lista de profissionais que você gostaria de ver trabalhando na sua empresa. É por isso que grandes empresas usam o LinkedIn para caçar talentos. A partir dos filtros de busca é possível localizar profissionais pela localização, pelos conhecimentos e – claro – pela área de atuação.

Lembre-se também, nessa etapa de relacionamento, que o LinkedIn é uma rede social. Por isso, além da ética corporativa você deve também atentar-se às boas maneiras das redes sociais.
 

3. Faça as pessoas retornarem ao seu perfil
Uma das estratégias mais assertivas para conseguir engajamento é gerando conteúdo inédito para o LinkedIn. Se no Facebook as pessoas não têm paciência para textos um pouco mais densos, no LinkedIn os profissionais estão em busca exatamente disso.

Investir em conteúdo de qualidade acerca do universo de sua empresa irá atrair justamente os profissionais com quem você precisa estar em contato. Ou seja: trata-se de uma troca justa. Ao compartilhar conhecimento você aumenta sua rede de relacionamentos e potenciais fornecedores/clientes.
 

4. Estimule seus funcionários a atualizarem o perfil.
Além do perfil da sua empresa, é importante que seus funcionários estejam com perfil atualizado. Peça a eles para sempre incluírem o nome da empresa no perfil, pois isso ajuda a dar relevância a sua página.
 

5. Fique por dentro dos grupos
No LinkedIn, como no Facebook, existem grupos. O diferencial é que o foco está na troca de experiências e atualização profissional. Use esse espaço como um termômetro do mercado, para saber quais temas chamam mais atenção e quais as tendências que estão aparecendo. Muitas empresas tiram daqui idéias de cursos que oferecerão aos funcionários.

O LinkedIn é uma rede social fundamental e atualmente indispensável para empresas e profissionais. Invista nela seguindo essas orientações e você verá que em breve os resultados aparecerão. A Labbo é especialista em soluções digitais e, caso você queira se aprofundar nesse assunto, conte com a nossa experiência.

Até a próxima!

 

#como potencializar negócios pelo LinkedIn #estratégias de relacionamento #LinkedIn #negocios no Linkedin