Esse é o tema do artigo de hoje: como criar anúncios para dispositivos móveis, que sejam mais eficientes e rentáveis.

Já faz muito tempo que o aparelho celular deixou de ser um instrumento para ligações. É possível até arriscar e dizer que uma das coisas que as pessoas menos fazem é usar o celular para ligar para alguém. Essa é a razão pela qual esse objeto até trocou de nome, sendo atualmente conhecido como smartphone.

Ou seja: nos bolsos e bolsas as pessoas carregam um verdadeiro computador portátil, capaz das mais diversas tarefas, acessíveis a partir de milhares de aplicativos. Frente a essas possibilidades, quem sai ganhando também são os anunciantes, que receberam um novo e muito interessante canal de contato direto com o consumidor. Boa leitura.
 

1. Antes de convidar as visitas, arrume a casa
Muitas empresas, entusiasmadas com a facilidade de criar anúncios para dispositivos móveis, mergulham nessa estratégia antes mesmo de planejá-la com cautela.

Para explicar melhor, usamos uma metáfora: imagine que você vai dar uma festa. As pessoas já foram selecionadas. Nos convites, que já foram enviados, a informação é de que a comemoração será inesquecível. Muitos confirmam presença e no dia selecionado há fila para entrar. No entanto, ao entrar no salão o espaço é apertado, há pouca variedade e quantidade de bebidas, não há música ambiente ou nenhuma outra atração. O resultado? As pessoas vão embora assim que chegam.

Lembre-se, portanto, dessa orientação: antes de investir em anúncios para atrair tráfego para seu site, pense em como você receberá os visitantes. Seu site é responsivo? As pessoas conseguem navegar nele sem problemas, mesmo usando um celular ou tablet cuja tela é pequena? Os textos podem ser lidos sem problemas e os botões são fáceis de clicar?

Ajuste todos esses pontos antes de começar a fazer publicidade porque, assim como no exemplo da festa, as pessoas não esquecem uma má experiência e vão pensar duas vezes antes de voltar ao seu site, caso a primeira impressão não tenha sido agradável.
 

2. Otimize seu site para o Google
Para criar os melhores anúncios para dispositivos móveis você precisa de um importante aliado: o Google. Já abordamos em outro artigo as novas regras do Google para mobile. Por isso, após terminar esse artigo, aprofunde sua leitura clicando aqui.
 

3. Explore os novos formatos, como o Carrossel do Facebook
Ficar atento às novas tendências é um grande diferencial, principalmente para quem busca fazer anúncios para dispositivos móveis que atraiam a atenção de mais consumidores. Sugerimos que fique de olho no formato de anúncio Carrossel do Facebook, aquele em que uma imagem fixa fica em exibição e, ao clicar na seta ao lado dela, uma nova imagem se apresenta. Esse formato (testado e aprovado com sucesso em desktops) chegou aos dispositivos móveis e é muito útil principalmente para empresas que querem exibir muitos itens de uma só vez.
 

4. Ações simples que funcionam
Por fim, finalizamos o artigo explicando uma tática simples, mas que funciona muito bem: configure sua página para que o telefone de seu estabelecimento e seu endereço apareçam logo abaixo do seu site, quando ele aparecer nos resultados de busca. Se o consumidor tiver acesso rápido a essas informações é muito mais provável que ele dê preferência a você.

Anúncios para dispositivos móveis já são uma realidade e quanto mais rápido sua empresa se adaptar, mais resultados você irá atingir. A Labbo é especialista nesse assunto e pode planejar com você as melhores estratégias digitais para o seu negócio. Entre em contato!

#anúncios mobile #Anúncios para dispositivos móveis #Carrossel do Facebook #estratégias digitais #Labbo #Labbo especialista #negócio #Otimize seu site para o Google #responsivo