Em muitos dos cursos de empreendedorismo um dos temas mais comumente abordados é em relação a parcerias e sociedades. Alguns especialistas no assunto são ortodoxos nesse sentido, ou seja: acreditam que escolher bem um parceiro ou um sócio para o seu negócio é tão importante como escolher bem seu cônjuge. Mas por quê?

A sobrevivência do seu empreendimento depende do relacionamento que você mantém com as pessoas envolvidas, além da personalidade de cada uma. É sempre interessante contar com pessoas na equipe que conseguem pensar mais racionalmente, e também com pessoas que conseguem ser mais intuitivas, por exemplo. Quanto mais você conseguir combinar diferentes perfis de maneira harmônica, maior será a sua chance de sucesso, já que você poderá enxergar uma mesma situação de diversos ângulos, um diferencial que eleva bastante sua competitividade.

Isso tudo se aplica ao mundo do marketing digital. Separamos três tópicos que você deve prestar atenção antes de escolher uma agência para cuidar do planejamento de marketing digital.
 

1. Analisar o histórico
Nos dias de hoje é frequente se ouvir: “não há diferença entre on-line e off-line”. Bem, o objetivo em muitos casos pode até ser o mesmo (posicionar uma empresa, fidelizar um cliente ou aumentar as vendas). No entanto, a maneira como isso poderá ser feito difere consideravelmente, do on para o off, e vice-versa. Portanto, tente analisar os projetos que a agência já realizou.
 

2. Definir a estratégia
Será que você precisa de marketing de conteúdo? Ou os seus problemas poderiam ser resolvidos com marketing nas mídias sociais? Ou – ainda – será que apenas marketing de relacionamento resolveria? Caso você não conheça nenhuma estratégia, não se preocupe, porque a agência se encarregará dessa parte.
 

3. Colocar em prática
E é aqui que acontece a “mágica” do marketing digital. Todas as informações coletadas nas etapas anteriores são trazidas para a área prática. Assim, a agência é capaz de encontrar a rede social que seu consumidor mais usa, desenvolvendo uma linguagem e uma personalidade de marca para interagir com ele. A agência ainda pode criar planos no Google Adwords, visando aumentar o número de acessos ao seu site a partir de links patrocinados. Ou, quem sabe, ela pode criar um banco de dados com o objetivo de enviar mensagens personalizadas, alertando sobre promoções e novidades, fidelizando assim os consumidores.

Um bom planejamento de marketing digital depende, portanto, desses três fatores: uma agência que entenda suas necessidades e esteja preparada para lhe oferecer o devido suporte; a escolha correta das estratégias de marketing, a partir das necessidades do cliente e dos desejos do consumidor, e – claro – a correta aplicação prática de tudo isso.

Ficou com alguma dúvida? Conte com a Labbo para entender mais sobre planejamento de marketing digital.

#agência #aumentar as vendas #estratégia #fidelizar #Google Adwords #Labbo #marketing de conteúdo #marketing digital #marketing nas mídias sociais #planejamento de marketing digital #SEM - Links Patrocinados #Site